Saúde do homem: as seis maiores ameaças

Publicado por

Primeiro vamos concordar que os homens não se cuidam tanto quanto as mulheres? O público feminino adquire o hábito de ir ao médico desde cedo. Já o homem espera ter um problema sério e apresentar sintomas para cuidar da sua saúde. Fato é que, com isso, a saúde do homem é prejudicada pois ele deixa de detectar doenças a tempo de ter mais chances de cura.

Enquanto o homem se sente produtivo e capaz de trabalhar, ele não procura um médico. Mas mesmo se sentindo saudável, o ideal é manter sempre um tempinho para um check up anual. Pelo menos o básico para não ter surpresas, especialmente se você já tem um histórico familiar de doenças como câncer, diabetes, pressão alta, entre outras.

As doenças que mais ameaçam a saúde do homem muitas vezes têm cura se diagnosticadas a tempo. Por isso, é bom ficar atento e manter um planejamento para a sua saúde em dia.

Câncer de próstata                                               

Este é o segundo tipo de câncer que mais mata no Brasil, o primeiro é o câncer de pele. Muito por causa do preconceito masculino em buscar exames que possam detectar a doença cedo. Mas existe um outro exame além do toque retal que pode diagnosticar o câncer que é um exame de sangue chamado PSA.

Conheça os exames que estão relacionados a doença.

Doenças cardiovasculares

Esse é o pior inimigo do homem. Doenças vasculares e infarto são a primeira e segunda causa de mortes no mundo todo. É um problema de saúde mundial, geralmente decorrente do aumento das taxas colesterol.

Um entre cinco pessoas vai morrer de doença cardiovascular. Mas, por razões ainda desconhecidas, os homens podem desenvolver essas doenças mais cedo do que as mulheres, antes dos 65 anos de idade.  Alguns especialistas acreditam que a quantidade de colesterol bom (HDL) presente no sangue das mulheres pode beneficiar o gênero.

Alguns cuidados que você pode tomar:

  • Começar a fazer exames de sangue para checar seu colesterol a partir dos 25 anos e, no mínimo, de 5 em 5 anos.
  • Controlar sua pressão arterial e colesterol com maior frequência se os índices já forem altos.
  • Evitar o tabagismo.
  • Fazer 30 minutos de exercícios físicos diários.
  • Coma mais frutas e vegetais.

 

Câncer de pulmão

Apesar de não ser o câncer que mais mata, o câncer de pulmão é o mais agressivo. O tumor se espalha rápido e antes de crescer o suficiente para ser detectado em exames de Raios-X. Quando é encontrado já é difícil alcançar a cura e metade dos pacientes morre em um ano.

O grande vilão nesse caso é o cigarro. Ele causa mais de 90% dos casos. Por isso, parar de fumar é importante a qualquer idade.

Depressão e suicídio também afetam a saúde do homem

Muitos acreditavam que a maior parte de pessoas que apresentavam depressão eram mulheres. Hoje esse pensamento mudou. Especialistas perceberam que o homem não admite e esconde os sintomas da depressão. Com a falta de tratamento da doença vem o suicídio, que já é a oitava causa de morte no mundo.

O problema é que a doença afeta o equilíbrio do corpo já que é um desequilíbrio químico. A doença também causa falta de sono, de apetite e, alguns estudos indicam que homens com depressão são mais predispostos a terem doenças no coração.

Se você apresenta algum sintoma de depressão, procure seu médico.

Diabetes

Essa doença silenciosa não demonstra sintomas. Ao longo dos anos a glicose aumenta no sangue e o homem começa a sentir mais sede e urinar com maior frequência. Um entre três meninos nascidos após o ano de 2000 provavelmente vão desenvolver diabetes. O sobrepeso e a obesidade são os aliados para que a doença se instale.

Já que a doença não apresenta sintomas, previna. Exercícios combinados a uma dieta saudável são as formas de prevenção. Estudos comprovam que 30 minutos de atividade física diária podem reduzir em 50% a chance dos homens de desenvolver diabetes.

Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Também está no topo das doenças que mais matam no Brasil e no mundo. O Acidente Vascular Cerebral é resultado de uma insuficiência de fluxo de sangue em uma parte do cérebro. A partir dos 55 anos, é necessário um cuidado extra com a saúde por ser uma época que a doença aparece com mais frequência.

Hoje, de acordo com o Ministério da Saúde, essa é a principal causa debilitante que pode impactar a qualidade de vida ou econômica de uma pessoa. Quem passou por um AVC pode ter alguma paralisação de parte dos membros de um lado do corpo ou total.

Os fatores de risco são colesterol alto, hipertensão, diabetes, sedentarismo, tabagismo e doenças cardíacas. Por isso, para prevenir, é importante controlar essas doenças e estar sempre em dia com o seu check up.

Apesar de todo mundo, não só os homens, estarem sujeitos a várias doenças, não dá para viver preocupado com isso o tempo todo. Da mesma forma que você mantém uma alimentação saudável e se preocupa com a sua saúde, também tem que olhar para a sua segurança financeira e da sua família. E a melhor forma de se preparar financeiramente para um imprevisto é contratar um seguro de vida.

Faça uma simulação agora do Seguro de Vida Prevenção.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.